Category Archives: Lavagem de Carpetes

Como remover nódoas de mostarda

As nódoas de mostarda, além de se fixarem muito rapidamente, podem ser difíceis de remover, porque têm geralmente uma cor brilhante e há muitas variáveis de ingredientes nos diferentes tipos de mostarda, o que leva a que não exista um único processo para a proceder à sua eliminação.

Seguem-se algumas instruções gerais sobre como remover manchas de mostarda de roupas, estofos e tapetes, sendo também avançadas algumas indicações alternativas adicionais.

Antes de mais, como para qualquer tipo de nódoa, há que ter em conta que quanto mais rápida for a intervenção, maior será a eficácia na remoção da mancha.

Remover nódoas de mostarda de roupa e tecidos laváveis

  • Extraia o máximo de mostarda que conseguir.
  • Mergulhe o tecido em água fria, vire-o do avesso e lave a nódoa de mostarda tanto quanto possível.
  • Aplique um aditivo de pré-lavagem para remover manchas e lave a peça em água quente (à temperatura mais alta que o tecido permitir) e lixívia ou lixívia para roupa delicada, se o tecido for de cor.
  • Verifique se a mancha desapareceu após a lavagem e repita, se necessário.
    NB: Nunca coloque uma peça na máquina de secar sem a nódoa de mostarda estar totalmente eliminada, porque tenderá a torná-la mais definida no tecido.
  • Se a nódoa persistir, esfregue-a com glicerina e deixe atuar aproximadamente 15 minutos.
  • Lave o tecido manchado com água fria e repita a operação de início, com a aplicação de glicerina.

Para lá das técnicas aqui apresentadas, existem outras indicadas para remover as nódoas de mostarda, como a aplicação de um removedor de manchas de tanino, álcool, água oxigenada, amónia ou vinagre.

Remover nódoas de mostarda de estofos

  • Dissipe qualquer excesso de mostarda dos estofos, tendo o cuidado de não alastrar a mancha.
  • Limpe a nódoa com um pano branco limpo, embebido numa solução previamente preparada com 2 copos de água fria e 1 colher (sopa) de líquido de lavagem.
  • Esfregue bem até o líquido ser absorvido e repita as vezes necessárias para eliminar a mancha.
  • Limpe bem a área tratada com um pano branco novo e água fria, molhando o estofo somente o necessário para que fique limpo. Em seguida deixe secar.

Remover nódoas de mostarda de tapetes

As instruções para a remoção de manchas de mostarda de tapetes são as mesmas que as indicadas para os estofos.

No entanto, se este processo de remoção da manchas não resultar, pode aplicar uma solução de amoníaco, preparada com 1 colher (sopa) de amónia e 2 copos de água morna.

Limpe bem a mancha com um pano, enxagúe com água fria e deixe secar.

Conhece uma técnica diferente e eficaz para remover nódoas de mostarda?
Então, sugerimos que partilhe a sua técnica de limpeza, deixando um comentário a este artigo.

Como tirar nódoas de molhos para churrasco

Quando se organiza ou participa num churrasco, é muito fácil ficar-se com nódoas, especialmente as manchas dos molhos, que podem facilmente escorrer da sanduíche, manchando roupas, estofados ou carpetes.

Como acontece com quase todas, a nódoa será mais fácil de limpar se  for tratada o mais rapidamente possível. Saiba como atuar para eliminar este tipo de manchas.

Tirar nódoas de churrasco de roupas e tecidos laváveis

  • Raspe qualquer excesso de molho de churrasco do tecido.
  • Vire a peça manchada do avesso e passe-a por água fria corrente (não o deverá fazer com água quente!).
  • Faça um pré-tratamento da nódoa com detergente líquido, esfregando rapidamente sobre a mesma. Deixe descansar por alguns minutos e enxagúe bem.
  • Esfregue suavemente a nódoa com um pano limpo embebido em vinagre branco e passe abundantemente por água.
  • Repi
    ta o processo de lavagem com detergente líquido e aplicação de vinagre  até ter removido o máximo possível da mancha.
  • Aplique um tira-nódoas de pré-lavagem e, em seguida, lave o tecido como habitualmente.
  • Caso a nódoa se mantenha, coloque um pouco de  detergente líquido sobre a área manchada e deixe de molho, em água morna, cerca de meia hora. Em seguida, lave novamente.
  • Se colocar a peça a secar no secador da roupa, não o faça sem ter a certeza de que a mancha já está completamente limpa. Caso contrário, irá ficar ainda mais definida.

Tirar nódoas de churrasco de estofados

  • Retire ao máximo o molho dos estofos, tendo o cuidado de não alastrar a mancha.
  • Passe a nódoa com um pano branco limpo, embebido numa solução preparada com 2 copos de água fria e 1 colher (sopa) de detergente líquido.
  • Esfregue bem até o líquido ser absorvido e repita as vezes necessárias para tirar a nódoa do estofado.
  • Limpe bem a área tratada com um novo pano branco e água fria, molhando o estofo somente o necessário para que fique limpo. Em seguida, deixe secar.
  • Quando a nódoa for removida, passe a área afetada com um pano branco limpo, embebido em água fria simples, e esfregue suavemente para retirar quaisquer vestígios da solução de limpeza. Em seguida deixe secar completamente.

Também poderá tentar aplicar vinagre para remover as manchas de churrasco, mas teste primeiro a resistência dos estofados num local discreto, a fim de garantir que o vinagre não descolora o tecido dos estofos.

Tirar nódoas de churrasco de carpetes e tapetes

As instruções para a remoção de uma manchas de churrasco dos tapetes são as mesmas que as indicadas para os estofos.

No entanto, se este método não resultar, poderá fazer uma solução com 1 colher (sopa) de amoníaco e 2 copos de água morna, usando-a para remover eficazmente as manchas.

CUIDADO:

Uma vez que o vinagre é um ácido e o amoníaco uma base, utilizando-se um após o outro na tentativa de remover as manchas irá neutralizar os efeitos de ambos, a menos que limpe completamente quaisquer vestígios da solução de vinagre antes de aplicar a amoníaca.

Conhece uma técnica diferente e eficaz para remover manchas de molho para churrasco?
Partilhe a sua dica de limpeza sobre este tipo de nódoa, deixando um comentário a este artigo.

Como remover nódoas de romã?

As romãs podem facilmente causar nódoas nos estofos, tecidos e tapetes, porque as suas sementes e sumo se impregnam rapidamente em qualquer superfície com que entrem em contacto, até porque têm uma cor forte.

 

Remover nódoas de romã de tecidos

  • Retire o excesso de romã que possa eventualmente existir na superfície.
  • Vire o tecido do avesso e passe-o por água fria corrente para lavar o máximo possível de sumo de romã.
  • Aplique detergente líquido na área manchada de romã e deixe de molho em água fria entre 15 a 30 minutos.
    Em seguida, lave com água fria.
  • Se a nódoa persistir, aplique peróxido de hidrogénio (ou alvejante em forma de pasta) sobre a nódoa, se for seguro para o tecido. Deixe descansar alguns minutos e depois enxagúe bem.
  • Caso seja necessário, lave a peça normalmente com lixívia normal ou lixívia para roupa delicada, se o tecido for de cor.
  • Assegure-se de que a mancha desapareceu após a lavagem e, se necessário, repita a operação.

 

Remover nódoas de romã de estofos

  • Retire qualquer excesso de romã do estofo afetado.
  • Misture 2 copos de água fria e 1 colher (sopa) de detergente líquido e limpe a nódoa de romã, com pano branco e limpo embebido nesta solução.
  • Esfregue a nódoa até que o líquido seja absorvido.
  • Enxagúe com vinagre branco e seque com um pano branco e limpo.
  • Repita a operação as vezes necessárias até que a nódoa desapareça.
  • Removida a nódoa de romã, esfregue a área afetada com um pano branco embebido em água fria, a fim de retirar completamente a solução de limpeza aplicada. Em seguida deixe secar.

 

Remover nódoas de romã de tapetes

As instruções para remover nódoas causadas por romãs em tapetes ou alcatifas são as mesmas que as dadas para os estofos.

No entanto, se este método não surtir qualquer efeito, misture 1 colher (sopa) de amoníaco com 2 copos de água morna, aplicando depois a solução de limpeza para levar a cabo a remoção.

 

Conhece uma técnica diferente e eficaz para remover nódoas de romã?
Partilhe a sua dica de limpeza sobre este tipo de nódoa, deixando um comentário a este artigo.

Como remover manchas de bolor e mofo?

O bolor é um fungo que cresce e prospera em áreas que escuras, quentes e húmidas. É, portanto, comum aparecerem manchas de bolor nas banheiras e duches, lavandarias, roupas molhadas e também em tapetes ou estofos que não estejam devidamente secos.

Grande parte do bolor pode ser limpo por nós com soluções ou produtos de limpeza disponíveis no mercado para o efeito, mas há situações em que a sua remoção é tão difícil que é necessário recorrer ao apoio de um profissional para remover eficazmente o bolor e as manchas por ele causadas.

Nas linhas que se seguem estão indicadas dicas e técnicas para remover manchas de bolor e mofo de roupas e tecidos, estofos, tapetes, máquina de lavar roupa, azulejos e outras superfícies da casa. Mas, para lá da higiene, convém não esquecer que o bolor é prejudicial para a saúde, pelo que se deve ter o máximo de cuidado.

 

REMOVER MANCHAS DE BOLOR DE ROUPAS E OUTROS TECIDOS

  • Bata e escove bem peças por forma a tirar a maior quantidade possível de bolor.
    NB: Este procedimento deve ser feito ao ar livre, a fim de não espalhar o bolor e os fungos a ele associados dentro de casa.
  • SE A PEÇA PUDER SER LAVADA COM LIXÍVIA, esta é, efetivamente, a melhor forma de o fazer, pois o cloro elimina o bolor e é geralmente eficaz na remoção das manchas do tecido em causa. Lave, então, a peça com detergente e lixívia, em água quente (à temperatura mais elevada que o tecido suportar).
    Dica: Se as manchas de bolor forem difíceis de remover, deixe o tecido de molho em detergente e lixívia durante trinta minutos e depois lave como habitualmente.
  • Se o tecido for de cor ou a etiqueta indicar que não é possível aplicar lixívia sobre ele, deverá embebê-lo num alvejante de oxigénio (a lixívia é um alvejante à base de cloro) e água quente durante pelo menos meia hora, lavando depois a peça como de costume.
    Verifique se a mancha desapareceu após a lavagem e não ponha a peça na máquina de secar se a nódoa não estiver totalmente eliminada, caso contrário poderá defini-la mais no tecido. Repita a lavagem, se necessário.

As dicas a seguir indicadas destinam-se a remover manchas de bolor realmente difíceis.

  • Esfregue a mancha de bolor com peróxido de hidrogénio, enxagúe e volte a lavar.
  • Ponha o tecido a secar ao sol, pois é um agente de clareamento natural e ambos podem deter o crescimento de fungos, podendo mesmo o sol, por si só, remover as manchas de bolor.

REMOVER MANCHAS DE BOLOR DE ESTOFOS

  • Aspire o máximo de bolor possível.
    NB: Depois de aspirar uma superfície com bolor, deverá substituir o saco ou esvaziar o recipiente imediatamente, a fim de evitar a propagação de fungos dentro de casa. Se o depósito for uma caixa lavável, deve lavá-la imediatamente com água quente e lixívia para eliminar quaisquer vestígios de bolor.
  • Limpe o estofo com um pano limpo e branco, embebido numa solução composta por 1 copo de água fria e uma chávena de amoníaco, esfregando a mancha até que o líquido seja absorvido.
    NB: O estofo deverá ser molhado somente o necessário para remover as manchas de bolor.
    Dica: A amónia pode ser prejudicial para alguns tipos de estofo, sobretudo numa concentração tão alta como a sugerida aqui para remover manchas de bolor. Portanto, antes de aplicar a solução de amoníaco no estofo manchado, deverá testá-lo numa área escondida para se certificar de que não irá prejudicar o tecido ou fibras.
  • Repita a operação até que a mancha causada pelo bolor tenha sido removida do estofo.
  • Limpe a área tratada com água fria e um pano branco novo, a fim de retirar quaisquer vestígios da solução de limpeza e, em seguida, deixe secar.
  • Facilite a secagem do estofo usando um secador de cabelo, com temperatura a frio, ou colocando uma ventoinha junto ao estofo para se certificar de que fica completamente seco, mesmo no interior.
    NB: Esta última etapa é crucial porque bolor pode regredir rapidamente e voltar se uma área permanecer húmida; portanto, o estofo deve ser seco na íntegra para evitar o reaparecimento de bolor.

Se a absorção do bolor no estofo não for muito funda, será capaz de tratar facilmente da sua remoção seguindo os procedimentos indicados acima. Caso contrário, se o bolor penetrou uma área muito profunda do estofo, poderá ser-lhe difícil extraí-lo sem recorrer à ajuda de um profissional.

LIMPAR E REMOVER MANCHAS DE BOLOR DE TAPETES

  • Aspire o máximo de bolor possível do tapete.
    NB: Deverá substituir o saco ou esvaziar o recipiente imediatamente após a aspiração do tapete, a fim de evitar a propagação de fungos dentro de casa. Caso se trate de uma caixa lavável, deverá lavá-la imediatamente com água quente e lixívia para eliminar quaisquer vestígios de bolor.
  • Prepare uma solução com 2 copos de água fria e 1 colher (sopa) de detergente da louça ou da roupa. Misture muito bem até criar espuma.
  • Esfregue o tapete bolorento com a solução de limpeza preparada, repetindo as vezes necessárias para que a mancha de bolor seja removida.
  • Assim que a mancha seja removida, limpe o tapete com um pano branco embebido em água fria e deixe secar.
  • Acelere e facilite a secagem do tapete usando um secador de cabelo ou ligando uma ventoinha junto dele, certificando-se de que ambos os lados ficam bem secos. Este processo é crucial para impedir o reaparecimento de bolor no tapete.
    Dica: Caso se trate de um tapete felpudo em que o bolor não afetou apenas a sua superfície, penetrando inclusive na zona forrada, poderá ter de recorrer ao apoio de um profissional.

REMOVER BOLOR DOS AZULEJOS E CASA DE BANHO

Para se livrar do bolor e das manchas que este deixa na zona do chuveiro/banheira e dos azulejos em geral, use água quente com um bom creme de limpeza (Cif ou outro) e esfregue com o lado abrasivo de uma esponja de cozinha ou com uma escova de dentes velha, que lhe permitirá chegar aos cantos mais inacessíveis.

REMOVER BOLOR DA MÁQUINA DE LAVAR

As manchas de bolor podem também acumular-se na máquina de lavar, especialmente na gaveta do detergente, na borracha do tambor ou no filtro. Por vezes desenvolve-se um cheiro a mofo característico, proveniente do crescimento de bactérias ou fungos e do acumular de bolor.

O desenvolvimento de bolor afeta tanto as máquinas de carregamento no topo como as de carregamento frontal, mas faz-se sentir mais nas máquinas com carregadores frontais, devido à vedação nas portas.

A seguir são dadas dicas para limpar várias partes da máquina de lavar roupa com maior probabilidade de acumular bolor.

Se costuma lavar semanalmente uma ou duas cargas de roupa com lixívia e/ou água muito quente, a probabilidade de o bolor se desenvolver é menor, dado que estas substâncias tendem a eliminar naturalmente as manchas e cheiros de bolor. No entanto, se deixar acidentalmente a roupa na máquina de lavar por um tempo, ou até se não deixar a máquina de lavar roupa secar completamente antes de fechar a porta.

  • Pode limpar o bolor da máquina da roupa com um spray de limpeza com lixívia e uma escova de dentes velha, lavando, no lava-loiça, as partes removíveis da máquina em água quente e lixívia.
  • Para evitar o cheiro desagradável, deverá deixar a porta e gaveta do detergente abertas após cada lavagem, para permitir que sequem completamente.
  • Para o evitar o desenvolvimento de bolor na máquina é fundamental fazer uma limpeza periódica da máquina, dado que as zonas mais afetadas do aparelho são sujeitas a uma grande humidade, estando depois fechadas. Assim, pelo menos uma vez por mês, limpe a máquina, pondo-a a trabalhar, vazia, com água quente e um produto para eliminar o calcário que deverá colocar na gaveta do detergente.

Conhece técnicas diferentes e eficazes para remover manchas de bolor e mofo?
Partilhe a sua dica de limpeza sobre este tipo de nódoa, deixando um comentário a este artigo.

Como remover nódoas de vinho tinto?

Convém saber como se remove a nódoa de vinho tinto, não só porque o consumo de vinho é comum mas também porque a bebida se derrama muito facilmente, deixando salpicos ou uma mancha vermelha brilhante.

Além do mais, as nódoas de vinho tinto tendem a fixar-se rapidamente e podem ser difíceis de limpar sem a aplicação de uma técnica ou de um removedor de manchas adequado.

 

Remover nódoas de vinho de roupas e tecidos

  • Mergulhe a roupa em água fria durante cerca de meia hora.
    Dica: Há quem diga que a remoção da nódoa também resulta se a roupa for imersa em vinho branco ou leite. Também há pessoas que sugerem polvilhar sal sobre a mancha, mas as opiniões não são unânimes em relação a esta técnica, dado que, em princípio, o sal só irá ajudar a absorver a mancha. No entanto, se acha que pode ajudar, aplique o sal, pois mal não fará com certeza.
  • Aplique um aditivo de pré-lavagem e lave a roupa com lixívia, ou outro alvejante, se o tecido o permitir.
  • Verifique se a mancha desapareceu após a lavagem e repita, se necessário. Nunca ponha a roupa na máquina de secar antes de a mancha de vinho estar completamente limpa, caso contrário poderá fazer com que ela se fixe ainda mais no tecido.

 

Remover nódoas de vinho tinto de estofos

  • Esfregue a mancha de vinho tinto tanto quanto possível, tendo o cuidado de não espalhar a nódoa ainda mais.
  • Limpe a mancha com um pano limpo e branco embebido numa solução preparada com 2 copos de água fria e 1 colher de sopa de líquido de lavagem.
  • Esfregue até o líquido ser absorvido e repita a operação desde o início até as nódoas serem completamente eliminadas do estofo.
  • Quando a nódoa estiver retirada, limpe a área com água fria, esfregando com um pano branco novo, a fim de remover a solução de limpeza. Deixe secar.

 

Remover manchas de vinho tinto de tapetes

Para limpar nódoas de vinho tinto de tapetes, siga as instruções dadas para os estofos.

Conhece uma técnica diferente e eficaz para remover nódoas de vinho tinto?
Em caso afirmativo, partilhe a sua dica de limpeza sobre este tipo de nódoa, deixando um comentário a este artigo.

nódoas de vinho tinto